Home / Noticias / Dicas de segurança na internet

  • netsharewp
  • 1082 Views
  • 0 Comment
  • No tags

Com o avanço da informática, as transações pela internet têm aumentado todos os anos. A facilidade de você acessar um site de um banco ou realizar uma compra online aumenta a todo instante. Essa facilidade é um dos atrativos que mais chama a atenção dos usuários deste tipo de serviço. Mas, por outro lado, surgiram os criminosos virtuais, os famosos “hackers ou crakers “.
Os hackers, na grande maioria, são grupos de jovens que trocam e exploram a capacidade de um sistema até obter o máximo dele. Eles não destroem sites, e sim demonstram como os sistemas são falhos. Alguns ajudam a desenvolver sistemas de segurança, muitos tem ajudado a policia a prender os verdadeiros criminosos.

Os crakers são os reais criminosos, que utilizam seus conhecimentos para invadir sites de instituições bancárias, empresas, comércio eletrônico, ou ainda para invadir computadores de qualquer pessoa.

As quadrilhas especializadas nesse tipo de crime estão cada vez mais sofisticadas, adotando mais tecnologia nos golpes. Um dos mais conhecidos é o de mandar um e-mail aos internautas para levá-los a sites que, aparentemente, pertencem a renomadas instituições ( financeiras, provedor, comercio eletrônico, etc.). Sem saber, o internauta entra no site, que pede para preencher algum cadastro. As vítimas enganadas passam todas os dados da conta ou todos as informações pessoais, que posteriormente serão usados para realizar transações bancárias ou ainda para realizar alguma compra em nome da vítima. Após aplicarem o golpe, geralmente sacam grandes quantias de dinheiro das vítimas e não deixam rastros.

Nas transações eletrônicas, atenção redobrada! Procure verificar se o site possui uma estrutura e um trabalho com a segurança de informações, no qual deve aparecer no canto inferior um pequeno cadeado.

Veja o que mais você pode fazer para ter mais segurança online:

– Os bancos estão tentando educar os usuários/correntistas sobre seus emails e site, procure seguir as orientações do seu banco;

– Se você receber um e-mail do seu banco pedindo recadastramento dos seus dados pessoais, ligue para o banco e converse com seu gerente, certifique-se de que o e-mail é verdadeiro;

– Mantenha a segurança dos dados sempre em dia;

– Controle o recebimento de e-mail. Os de origem desconhecida com anexo devem ser excluídos;

– É importante ler a política de segurança e privacidade de todos os sites que você frequenta;

– Ao realizar uma compra pela internet, verifique se o site é realmente seguro, sua credibilidade e sua eficiência;

– Suas senhas de acesso devem ser trocadas com freqüência;

– Utilize e mantenha um programa de proteção (software anti-vírus).

Lembre-se: Não existe 100% de segurança. Da mesma maneira que você deve ter alguns procedimentos no seu cotidiano, adotando medidas de segurança preventiva, na internet não é diferente. Os problemas relacionados com a segurança na internet envolvem, na maioria das vezes, falhas do próprio usuário da internet.

Fonte: DicaSeg.com

Outros parceiros
NOVIDADES
Receba nossas novidades direto em seu email!
NOSSOS CLIENTES